Cidade de Maputo: Plataforma fiscaliza recolha de residuos

0

Os residentes da cidade de Maputo poderão fiscalizar a recolha de lixo nos seus bairros graças à implementação da plataforma de Monitoria Participativa MOPA-Fiscal, entregue ontem na capital do país.

O aplicativo veio para auxiliar as operações do MOPA, iniciativa financiada pelo Banco Mundial, que foi lançada oficialmente no ano passado e está a ser implementada nos bairros da urbe.

Segundo o gestor do projecto, António Morais, a ferramenta, que pode ser acedida mesmo sem Internet, veio para melhorar a gestão de resíduos sólidos por parte dos fiscais da Direcção de Salubridade e Resíduos Sólidos da cidade de Maputo.

“O cidadão reporta o problema, a informação é partilhada pelos diversos actores responsáveis pelo sector. Depois da solução, o requerente é notificado”, explicou.

A fonte referiu que a ferramenta, entre outras tarefas, facilita a alocação de equipas de fiscais e ajuda na monitorização dos trabalhos das mesmas, em tempo real.

O vereador da área de Salubridade e Cemitérios, Florentino Ferreira, referiu que a iniciativa é bem-vinda, pois veio para maximizar a participação dos cidadãos na gestão racional dos resíduos sólidos.

Em representação do Banco Mundial, Osvaldo Maria disse que o MOPA está a revolucionar a recolha de lixo nalguns bairros periféricos da cidade de Maputo, sendo necessária uma maior divulgação da ferramenta, para que mais pessoas tenham acesso.

O MOPA -Fiscal é uma ferramenta auxiliar criada pelo espaço de inovação da Universidade Eduardo Mondlane (UEM), com o apoio da IBIS OXFAM. (Noticias).

 

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

%d bloggers like this: